Buenos Aires é aqui

Carrê de cordeiro

Carrê de cordeiro: oito costelas sobre rúcula e geleia de menta.

Os degustadores do blog Menu da Lú visitaram a churrascaria Corrientes 348. A rede, comandada pelo empresário Jair Coser, existe desde 1997 e conta com sete casas. A novidade é a abertura da filial nos Jardins, quase no final da rua Bela Cintra, perto da esquina com Estados Unidos, inaugurada há dois meses.

A inspiração portenha está no nome tirado do tango À meia luz (A media luz), que começa citando o endereço de Buenos Aires, e também nos cortes das carnes, na decoração, nas sobremesas e molhos – o chimichurri chega à mesa e fica lá, para acompanhar qualquer carne servida.

As típicas empanadas abrem o cardápio de entradas. São feitas nos sabores carne, carne com passas, queijo, queijo com cebola, queijo com alho poró ou abobrinha – R$ 8 cada. Com certo arrependimento póstumo, não provamos. Optamos por uma entrada menos comum: rins. Em espanhol, riñones. Custa R$ 27 a porção para duas pessoas, e R$ 17 a meia.

O cardápio trilíngue facilita a vida de quem leva o amigo gringo para comer lá.  Além do português e espanhol, os nomes vêm também em inglês. Há desde o comportado pan con ajo y perejil (pão com alho e salsinha ou bread with garlic and parsley, a R$ 10 a porção; R$ 8 a meia) até a exótica chinchulines (tripa ou tripe, a R$ 34 e R$ 24).

As carnes são realmente muito boas. Todas preparadas na parrilla – a grelha argentina. Há Ojo del Bife (miolo do contra filé), a R$ 129 (600 gramas) e R$ 83 (300 gramas);  a Tapa de Cuadril (picanha), mesmos preços. Quem não dispensa o filé mignon pode pedir o Lomito light, servido com abacaxi grelhado. A R$ 124 e R$ 79. Já se preferir se sentir mesmo na capital argentina, pode ir bem o Bife de Chorizo  (contra filé), vendido a R$ 132 e R$ 85.

O delicioso carrê de cordeiro (R$ 132, com 350 gramas) é servido sobre uma cama de rúcula, as oito costelas de cordeiro chegam à mesa no ponto certo: rosadas por dentro. Não sou realmente fã, mas para quem gosta, vem ainda a geleia de menta.

Para acompanhar, há 13 modalidades de saladas. Entre elas, a Caprese (R$ 45), que leva tomate, mussarela de búfala, presunto cru, manjericão e redução de balsâmico e a singela Mista (R$ 24), com alface, tomate e cebola.

Entre os acompanhamentos quentes, arroz branco (R$ 15); arroz 348 (com brócolis e cebola, R$ 21); além de diversos tipos de farofas e polentas. Mas a batata é a estrela. Pode ser frita, cozida, à provençal, em formato de purê ou grelhada, que pode vir na versão com manteiga (R$ 20) ou com queijo roquefort (R$ 29).

Da adega envidraçada que se vê do salão saem garrafas de vinhos da América do Sul com preços de razoáveis a altos. Mas há opções para muitos gostos e bolsos. Uma taça (minigarrafa de 187 ml) do vinho chileno Alamos Malbec, por exemplo, sai a R$ 30.

Na sobremesa, não perca a panqueca de doce de leite argentino (R$24 a porção inteira e R$ 18 a metade).

Em breve o cardápio do Corrientes 348 deve ganhar pratos como palmito pupunha assado na churrasqueira e um tipo de alfajor especial, de autoria o jovem chef Luiz Gustavo Chagas, que assumiu recentemente a cozinha do grupo. Ele já integrou equipes de cozinha de restaurantes como Le Meurice (Paris), Gordon Ramsay Royal Hospital Road (Londres) e Le Petit Nice (Marselha), todos três estrelas Michelin. No Brasil, passou pelo Mozza (Grupo Egeu) e Buffet Fasano.

O atendimento é impecável, quase atencioso demais, daquele tipo que não deixa sua taça de vinho ficar vazia um instante nem o pratinho de ossos ficar mais de cinco minutos na mesa.

A conta para duas pessoas, com entrada, dois pratos, duas taças de vinho e uma sobremesa para dividir fica de R$ 300 a R$ 400, em média, a depender dos pratos pedidos. Embora não seja exatamente popular, o restaurante dos Jardins seguia com poucas mesas vazias na noite da última quinta-feira.

A rede conta com quatro unidades em São Paulo (Jardins, Mário Ferraz, Miguel Calfat e Higienópolis) e três em outros estados (Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília). Para 2015, Jair prevê a abertura de mais duas, em SP e RJ.

Corrientes 348 - panqueca de doce de leite

Panqueca de doce de leite, servida com sorvete de creme.

 

Corrientes 348

Rua Bela Cintra, 2305. Jardins. Tel: (11) 3088-0276.

Capacidade do local: 180 lugares.

Cartões de crédito aceitos: Visa, Master, Amex. Cartões de débito: Visa Electron, Maestro.

Horários de funcionamento: Segunda a sexta das 12h às 15h30 e das 19h às 0h/ Sábado das 12h às 0h/ Domingos e feriados das 12h às 18h. Acesso para deficientes físicos com banheiro adaptado. Não possui área para fumantes. Ar condicionado. Wi fi gratuito. Estacionamento com manobrista R$ 20. Taxa rolha: R$ 50.

http://www.corrientes348.com.br/

 

One Comment

  1. De fato, a carne desse restaurante é espetacular.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*