Ceia de réveillon em tempo de vacas magras (mas camarões gordos)

Camarão do Mercado

Camaões a R$ 48 o quilo

Bem, 2015 começou. Vamos em frente com vontade de fazer tudo diferente, mudar, crescer, aproveitar mais a vida e não dar bola para pequenos atrapalhos que surgem pelo caminho. Esse tom de recomeço é bom para levantar o ânimo, dar um gás para arrumar a casa, jogar fora tudo que está sobrando e pensar sob perspectivas novas.

Começamos o ano com uma ceia de réveillon feita em casa. Apenas marido (Cezar), gato (Pablo) e eu. Limpar os camarões comprados no Mercadão da Lapa não foi muito agradável, mas economizamos. Comprei um quilo desse camarão médio por R$ 48. Se fosse limpo, o preço subiria para R$ 160. E como ele não é gigante, tem cabeça pequena e carapaça pouco pesada. Assim, não foi perdido muito na limpeza. Não pesei, mas no volume percebemos que sobrou bem mais da metade. Entre 600 e 700 gramas de camarão limpo.

Para mergulhar o camarão, fiz um molho de alho, manteiga, limão siciliano, salsa e sal. Ficou bom.

Acompanhei com cuscuz marroquino com abobrinhas.

E aspargos grelhados.

Tudo somado, gastamos menos de R$ 100 numa ceia para duas pessoas.

 

2 Comments

  1. Kelicler Toledo-Brown says:

    Gostei muito desta opção de camarões com este molho de alho, Lúcia. Como você cozinhou os camarões? Foi em água quente? Grelhados? O molho é ligeiramente cozido?
    Como se faz o cuscuz marroquino?
    Obrigada pela dica.
    Keli

    • Kelicler,

      Obrigada por ler o blog. O molho de alho com manteiga e limão siciliano quase não é cozido. Frito os alhos picados na manteiga derretida, depois adiciono suco de limão e sal e tá pronto. O cuscuz marroquino é fácil. Tem que ferver o caldo e colocar a semolina. Esperar 7 minutos e depois cozinhar por mais 7 minutos. Antes de cozinhar, coloco as abobrinhas picadas e já refogadas. Os camarões eu comprei inteiros. Deu um trabalhão para limpar. Mas no mesmo dia (30) dei uma ferventada e guardei. Um pouco antes de servir, grelhei um por um no azeite, em fogo bem quente.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*