Masterchef

elisa-masterchef

Elisa Fernandes, ganhadora do primeiro Masterchef Brasil. A segunda temporada já está a caminho.

Terminou o Masterchef. Elisa Fernandes ganhou. Eu já estava torcendo para ela há semanas. Uma das mais novas entre os participantes, com 24 anos (parece bem menos) é aquela que mais aprendeu ao longo de todas as etapas do torneio. Ela foi melhorando, melhorando, até não ter para ninguém.

O atum com crosta de gergelim que ela fez na prova que a classificou para a final deu água na boca. Bom que a receita está na página do programa e também na página da própria Elisa do Facebook. Vou tentar fazer em casa. Se ela, usando produtos do Carrefour (até o atum?) conseguiu chegar lá, talvez eu consiga servir uma refeição aceitável. Vou tentar.

O Masterchef, com segunda temporada já confirmada, virou um fenômeno de audiência. A Band mirou no que viu e acertou no que não viu. Pessoas de gostos e classes sociais diferentes se afeiçoaram pelo reality show. Quem preparou o melhor prato, como foi a bronca do Jaquin (com legendas), o olhar inquisidor da Paolla Carosela e os esculachos do Henrique Fogaça foram assunto nos ônibus, salões de beleza, escritórios.

O programa começou com 300 participantes. E foi ganhando espectadores à medida que os participantes eram eliminados. A média geral de audiência da competição de gastronomia foi de cinco pontos. Ao lado do Pânico, chegou a ser o programa de maior audiência da Band. Cada ponto equivale a 65 mil domicílios na Grande SP. O final registrou uma das melhores audiência da emissora no ano: oito pontos. Foi o recorde da atração. O reality chegou a ficar 23 minutos na liderança.

Helena, que disputou a final com Elisa, era das mais queridas do público e também dos demais participantes. Bonachona, assumiu o papel de segunda mãe da garota frágil de Ribeirão Preto. Mas sua elogiada comida de muitos temperos acabou batida pela cozinha clássica.

Masterchef

Na última edição do evento Mesa SP, fiz uma foto de fã com o pessoal do Masterchef. Quem clicou foi justamente Elisa, que ganhou a competição.

Estou esperando postarem a receita da final. Quero fazer aquela sobremesa de creme de limão siciliano com goiaba e goiabada. E embora não precise correr para cozinhar tudo em apenas duas horas, vou pedir para alguém mais forte abrir o pote de goiabada para mim antes de começar a cozinhar.

Em novembro, na Semana Mesa São Paulo, no Senac Santo Amaro, encontrei vários participantes do Masterchef nos intervalos das palestras do evento (que contaram com gente de peso no ramo da gastronomia, como Alex Atala, Ferran Adriá, entre outros). Estavam lá o Mohamad, Sandra, Cecília e Elisa. Quando me aproximei do grupo e pedi para fazer uma foto, foi Elisa quem se voluntariou a clicar. “Já estou craque nisso”, disse, sem estrelismos, mas já curtindo a fama que a participação no programa estava rendendo. Agora os selfies com a moça talvez fiquem mais difíceis.

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*