Paderborn

 

A carne de porco se solta do osso. Fotos: Cezar Rodrigues

A carne de porco se solta do osso. Fotos: Cezar Rodrigues

Acaba de chegar de Paderborn outra colaboração para este Menu da Lú. Nosso correspondente Cezar Rodrigues, que aproveita o frio da Alemanha, comeu em um restaurante tipicamente alemão.

Paderborn: frio

Paderborn: frio

O prato Grünkohl leva carne de porco, como a maioria por lá, batata e esse vegetal verde que lhe confere o nome: grünkohl. Traduzido aqui como couve-de-folhas, é um tipo de couve crespa que não se vê no Brasil. Também chamado de repolho do Kale, tem gosto parecido ao do espinafre e integra outros pratos.

O prato foi descrito como saboroso. A carne cozida chega ao prato se soltando do osso, bem macia. Único alerta: é bom tomar cuidado com a mostarda, se você não for afeito a sabores muito fortes. Nosso correspondente e seus colegas, que provaram a mostarda escura, descreveram o sabor como similar ao do wasabi japonês.

Repolho do Kale ou couve-de-folhas

Repolho do Kale ou couve-de-folhas

O prato foi comido no restaurante Bernemanns zum Hölzchen, um dos 22 listados como genuinamente alemães pelo Trip Advisor, que o classifica como “familiar” e com preços médios. Uma pessoa gasta perto de R$ 140 para comer uma refeição ali. De 19 avaliações, 16 o consideraram “excelente”.

E um pouco de turismo

E um pouco de turismo

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*